Dieta para cólon irritável e obesidade

Como tratar o cólon irritável e o sobrepeso

O cólon irritável é uma doença, cujas causas orgânicas não foram estabelecidas com exatidão. Se for possível dizer que uma soma de fatores influi no surgimento dos primeiros sintomas. 


Infusión de manzanilla para bajar de peso

No quesito alimentação, é importante saber como tratar o cólon irritável e o sobrepeso e determinar os alimentos que devem integrar a dieta, quando esta doença vem com obesidade.

Etapas do cólon irritável

O cólon irritável é uma doença cujas causas orgânicas não foram estabelecidas com exatidão. É comum ver pessoas que têm o problema consultando um médico depois do outro, sem saber com certeza qual é a origem desse sofrimento. Esta é considerada uma doença psicossomática, na qual situações estressantes ou fortemente emocionais agem sobre o organismo impedindo seu bom funcionamento. O cólon irritável tem três estágios:

  • Etapa de diarreia.
  • Etapa de constipação.
  • Etapa de manutenção.

Através de uma série de medidas primeiro de tratamento e logo preventivas, se trata de conseguir que você permaneça na etapa de manutenção o maior tempo possível, sem sofrer de diarreia nem constipação. Para conseguir isso a alimentação tem um papel muito importante sobretudo se você tiver sobrepeso. Isto se pode conseguir através da dieta para cólon irritável e obesidade.

Possíveis causas

  • Alergias alimentares
  • Estresse cotidiano
  • Depressão
  • Emoções fortes

Sintomas do cólon irritável

  • Sobrepeso durante a etapa de prisão de ventre.
  • Diarreia.
  • Constipação.
  • Mal-estar intestinal.
  • Gases.
  • Inchaço abdominal.
  • Dor abdominal.
  • Fadiga crônica.
  • Fibromialgia.

Se você sofre de algum ou vários destes sintomas é necessário ir ao médico para descartar que esteja passando por alguma etapa de cólon irritável.

Como tratar o cólon irritável e o sobrepeso

  • Leite: deslactosado. Leite adicionado com probióticos.
  • Iogurte: descremado adicionado con probióticos.
  • Queijo: descremados untáveis.
  • Ovo: clara de ovo todos os dias, ovo inteiro três vezes por semana.
  • Carne: peixe, peito de frango, carne de terneira sem gordura. As carnes devem ser preparadas na chapa ou grelha, com um ponto de cocção médio, ou seja, nem muito cozida, nem muito crua.
  • Vegetais: num primeiro momento evite a batata e milho, já que podem produzir distensão abdominal. No começo da progressão você optará por verduras cozidas, sem pencas, tomate ou abobrinha sem sementes e sem pele. Em purês, pudins, suflês, sopas, panachés, etc. Se forem bem toleradas, pode-se começar a consumi-las cruas subdivididas, ou seja, raladas. O que se procura é obter um estímulo intestinal não irritante.
  • Frutas: assim como as verduras, se deve consumir em primeiro lugar cozidas no forno ou em purê. Se forem bem toleradas se consomem cruas raladas.
  • Cereais: evite as pastas, geralmente estas podem produzir distensão abdominal. Arroz branco, não integral. Evite as farinhas de trigo, aveia, cevada ou centeio, caso você sofra de intolerância às proteínas que as compõem. As farinhas melhor toleradas são a farinha de milho, farinha de grão-de-bico, tapioca, sêmola e semolina, entre outras. Legumes: num primeiro momento é preferível evitá-los. Se você não tem diarreia, nem dor abdominal, pode experimentar a lentilha muito bem cozida, tipo purê.
  • Óleos: só para condimentar, não consuma fritos. Você pode consumir óleo de uva, girassol, canola, milho, azeite de oliva. Evite a manteiga.
  • Açúcar: evite-o, assim como os doces concentrados. Escolha doces light e edulcorantes que não contenham sorbitol, já que podem produzir diarreia ou dispepsia em pessoas sensíveis a esse edulcorante.
  • Bebidas: Tome dois litros de agua por día. Não refrigerantes nem bebidas alcoólicas. Se tomar sumos de frutas naturais comece tomando-os diluídos a 50%, se os tolerar bem, logo você pode tomarlo diluido em 70% sumo de fruta, 30% água, e assim paulatinamente até conseguir consumi-lo puro. Estes sumos de frutas não devem estar adoçados com açúcar.
  • Infusões: evite o café e chá comum. Você pode tomar chá de camomila, chá de lúcia-lima, chá de boldo ou chá de cavalinha.
  • Remédios caseiros: alguns remédios naturais como o funcho, a aloe vera, o gengibre ou a menta também serão úteis para aliviar os sintomas de cólon irritável.

 

Recomendações para a boa saúde do cólon

  • Cumpra a dieta para cólon irritável e obesidade.
  • As porções devem ser pequenas.
  • Você deve comer várias vezes por dia: quatro refeições principais e dois lanches.
  • É importante comer devagar.
  • Você deve mastigar bem, isso ajudará a melhorar a digestão.

Tenha em mente que é importante, diante de qualquer sintoma, ir ao médico.

Substâncias contraindicadas no cólon irritável

  • Noz da índia. Se você sabe como age a noz da índia, não se surpreenderá que esta esteja contraindicada no caso de sofrer de cólon irritável.
  • Leite de alpiste. Pela mesma razão, embora o leite de alpiste seja muito bom para muitos transtornos do organismo, não é conveniente que você o consuma se tiver cólon irritável, já que pode ser muito nocivo para seu intestino.
  • Sucralose. Por sua vez, a sucralose é um edulcorante que se obtém do açúcar e como esta pode ser muito irritante para o seu cólon. Para adoçar prefira a stévia, que não danificará seu intestino.

O que você faz para tratar o cólon irritável?

Veja resultados

Loading ... Loading ...



Não há comentários

Você pode comentar no Facebook e no Google+ ou, se preferir, fazê-lo de forma anônima no nosso sistema de comentários

Comente no Facebook
Loading Facebook Comments ...
Comente no Perder peso - Remédios, dicas e truques para perder peso

Avisar-me quando houver novos comentários!

Comente no Google+